Categoria / Category Espanha

Viagens pela Espanha

Fotor0330221037

Veja os posts da viagem pela pela Espanha – Ilhas Baleares em 2004 e 2006

  • Mallorca (2004)
  • Menorca (2006 – em breve)

Veja os posts da viagem pela pela Espanha – Catalunha em 2003


View Viagens Errante / Errante’s Travels in a larger map

Leia Mais... / Read More...

Mallorca

Aproveitei a visita de minha mãe pela Espanha para conhecer Mallorca, fomos por somente quatro dias. Chegamos pela tarde e tomamos um pouco de sol no terraço do hotel. Depois comemos uma deliciosa torta com chá e saímos para caminhar pelo centro histórico.

A cidade de Palma é bonita, tem uma parte antiga muito interessante e avenidas largas com coqueiros. Notamos que estão acostumados com os turistas pois sempre nos tratavam bem nos restaurantes e hotel. São hospitaleiros, diferente de outras partes da Espanha onde parecem estar incomodados pela presença de turistas.

No último dia, tentamos de toda forma fazer um passeio de barco mas não foi possível. Era final da alta temporada e naqueles dias haviam mudado os horários dos barcos. Chegávamos sempre uns minutos depois que o barco tinha partido. Grande parte foi erro da agência de informação turística que nos disse o horário errado...

Leia Mais... / Read More...

Palamós – praia e mergulho

palamos
Gostei da experiência de um fim de semana na praia que decidi repetir, desta vez fui a Palamós. Sai de Barcelona em ônibus bem cedo e ao chegar em Palamós fui direto ao centro de mergulho. Arrumamos o equipamento e fomos em barco a “Cuevas de Eden Rock”, um lugar de mergulho com muitas cavernas. Entramos em 3 covas. Para mim o bom é que em todas se podia ver a saída, já que sou claustrofóbica isto é importante. Como me conheço não fiquei muito tempo na caverna, entrei e logo sai do outro lado, realmente lugares apertados me molestam.

Depois do mergulho almocei, fui ao hotel deixar a coisas e fiz minha sesta na praia. Uma delícia, dormir com o ruído do mar. Ao final da tarde caminhei pela praia. Parei para ver um grupo enorme de senhores e senhoras dançando a “sardana” dança típica da Catalunha.

O que me impressiona aqui é o grande número de pessoas mais velhas. A maioria das pessoas que vi tinham mais de 60 anos...

Leia Mais... / Read More...

LLoret de Mar – praia e mergulho

lloret

Ultimamente andava com uma saudade enorme do mar. Vi um documentário na televisão sobre baleias e fiquei com uma vontade incrível de mergulhar, estar no mar. Numa livraria comprando livros para a universidade vi um livro do Garcia Marquez chamado “Relato de um Naufrago”. Cheguei em casa, sentei no sofá e só sai quando terminei o livro. Muito bom, consegui  sentir o mar.

Para saciar ainda mais esta vontade de estar na água, decidi passar alguns fins de semana mergulhando na Costa Brava. O primeiro foi Lloret de Mar. Peguei um ônibus cedo para poder chegar a tempo de fazer dois mergulhos no mesmo dia.

Do ônibus fui direto ao centro de mergulho. Ai conheci outros 3 portugueses do Porto que iriam mergulhar junto. Fomos em barco a um sitio de mergulho chamado Bolets. O mar estava calmo e a água fria. A visibilidade estava mais
ou menos boa, vimos diversos peixes pequenos e uma lagosta...

Leia Mais... / Read More...

Saída em bicicleta Terra Alta: Nonaspe – Arnes – Tortosa


Na sexta-feira, fomos de trem de Barcelona até Nonaspe onde uma parte de grupo ficou acampando. Como não tinha barraca segui com mais duas amigas para dormir em Caspe (Aragon) e pegamos o primeiro trem a Nonaspe sábado pela manhã.

Nos juntamos ao grupo na estação de trem de Nonaspe onde começamos o passeio organizado por Albert (Gata e amics de la bici). Seguimos até Batea onde paramos para conhecer o povoado, as pequenas ruas, a igreja… Aproveitamos para uma pequena merenda antes do almoço. Continuamos o passeio até Caseres. Paramos algumas vezes, para arrumar a correia da bicicleta de uma companheira. Depois para olhar o mapa, estávamos um pouco perdidos. Como havia muita subida meu joelho começou a doer um pouco. Já havia doído no final do último passeio.

Assim que chegamos em Caseres, começou a chover, fizemos então um longo almoço com vinho e um café antes de partir. O caminho era bonito, com árvores frutíferas, muitas amendoeiras...

Leia Mais... / Read More...

Saída em bicicleta Cervera – Bellpuig – Lleida


Saímos de Barcelona pela manhã em uma viagem de trem de duas horas até Cervera onde encontramos com outras pessoas do grupo e Lluis que organizava o passeio. Começamos conhecendo a pequena cidade, um interessante centro histórico com ruas estreitas.  O que mais gostei foi a ruas das bruxas, que tem túneis pelas casas.

De Cervera seguimos a Bellpuig pela parte catalana do antigo caminho de Sant Jaume de Montserrat a Santiago. Foi uma viagem agradável pois todo o trajeto era plano e podia-se ir tranquilamente apreciando a paisagem. Passamos por alguns povoados e paramos para fazer piquenique ao lado de uns canais de irrigação. Era bonito pois pareciam pequenos rios.

Em Bellpuig, dormimos num albergue do município (bem limpo e organizado). Na janta foi a vez de eu provar os caracóis, comida típica desta região. A sensação é horrível, com um palito ter que tirar o bicho nojento de dentro da carcaça e comer...

Leia Mais... / Read More...

Saída de bicicleta de Barcelona Ripoll – Olot – Girona


Decidi fazer um passeio de bicicleta organizado por Carles dos Amics de la bici. Saímos de Barcelona pela manhã de sábado. Tomamos o trem até Ripoll, onde começamos o passeio. Na chegada, na estação estava Albert nos esperando com panos brancos para fazermos uma bandeira pela paz. Fizemos as bandeiras e colocamos na bicicleta.

O caminho de bicicleta foi construído em uma antiga trilha de trem. Depois de uns 10 km paramos em uma antiga estação de trem em Sant Joan de les Abadesses para juntar o grupo. Entramos na cidade para conhecer o centro histórico e comer coca (como um pão doce típico daqui). Alguns quilômetros mais e era hora do almoço. Piquenique na grama. Uma delícia!

Seguimos em direção a Olot parando algumas vezes para juntar o grupo. O começo foi de subida, depois muitos quilômetros de descida e plano, sem muito esforço, só observar a paisagem. Na chegada em Olot, visitamos a área de um antigo vulcão. Podia-se ver as pedras vulcânicas ao redor.

Deixa...

Leia Mais... / Read More...