Categoria / Category Turquia 2002

Viagem pela Turquia 2002

6384188769_be56d69e4d_o

Veja os posts da viagem pela Turquia em 2002


Visualizar Viagens Errante / Errante’s Travels em um mapa maior

Leia Mais... / Read More...

Efes

Recomendada por uma amiga alemã, decidi visitar as ruínas de Efes. A cidade mais perto é Selçuk. Dormi uma noite aí e pude perceber que eles estão bem preparados para o turismo. Toda vez que eu perguntava informações nas ruas, eles respondiam com simpatia. Muitos falavam inglês, sinal de que estão acostumados com turistas estrangeiros.

Acordei cedo para conhecer as ruínas. O dia estava feio, nublado… Seria um dia difícil, como fotografar pedras sem volumes e sombras? Dias cinzas sempre me deixam um pouco triste.

Caminhei pelas ruínas sem guia, a cada momento parava e escutava o guia de um grupo de turistas. Algumas vezes ouvia as explicações em inglês, outras em francês ou espanhol, e até um grupo de portugueses encontrei. Brasileiros infelizmente não. Alemão também havia muito mas como não entendo, seguia para encontrar o próximo grupo...

Leia Mais... / Read More...

Pamukkale


Pamukkale é um lugar interessante visualmente, de longe se vê uma montanha branca, como se fosse um topo congelado. São terraços brancos que foram formados por águas termas ricas em bicarbonato de cálcio. Ao escorrer, a água deposita dióxido de carbono no solo. Este vai criando formas brancas incríveis. Cientistas dizem que estes terraços começaram a ser formados uns 14 mil anos atrás. O nome Pamukkale significa castelo de algodão em turco. Para eles a montanha se parece com um grande castelo feito de algodão, para mim parecia gelo, uma montanha congelada.

No mesma lugar há ruínas de uma antiga cidade. Visitei o anfiteatro que fica atrás dos banhos termais. O lugar era meio abandonado, descuidado. Parecia que um pedaço de história havia sido deixado de lado, estava sendo esquecido. Infelizmente não encontrei muita informação sobre esta ruínas.

errante_04896errante_04866errante_04873errante_04874errante_04876errante_04883errante_04888errante_04897errante_04898errante_04899errante_04901errante_04902

Leia Mais... / Read More...

Bodrum

merg05

Uma das idéias de vir a Turquia era relaxar numa praia com dias lindos de sol. Escolhi Bodrum para fazer isto. Logo na chegada bateu uma saudade das praias brasileiras com areia fina. Aqui a praia era toda com pedras, não muito confortável para deitar no chão.

Aproveitei um dos dias mergulhando. Fazia mais de um ano que não mergulhava e realmente estava precisando. Mergulhar foi ótimo, não pelo que vi mas pelo fato de estar dentro d’água outra vez. Isto me fez muito feliz. Decidi que não posso mais ficar tanto tempo sem mergulhar, tenho que fazê-lo mais frequentemente. Gostei de ver que no barco haviam vários casais turcos. Não era como em alguns países asiáticos que se vai mergulhar e o barco está 100% cheio de turistas estrangeiros. Tive a sensação de que eles também aproveitam seu país.

No dia seguinte visitei o castelo que fica na beira do mar, dentro está o museu de arqueologia marinha...

Leia Mais... / Read More...

Istambul


Mais uma vez cheguei de viagem com dor de garganta. Como estava cansada dormi quase toda a manhã e pela tarde saí para conhecer um pouco da cidade. Almocei e custava 7 milhões, percebi que seria difícil acostumar-me com o grande número de zeros nos bilhetes de liras turcas. O garçom do restaurante me disse para ter cuidado e não ser enganada, segundo ele, é comum passar a perna nos turistas que não entendem bem o dinheiro. Perguntei se deveria ter cuidado com ele. Respondeu: “Eu não, me refiro aos outros. Eu sou honesto.”

Visitei a Aya Sofia, uma igreja construída em 532 e que durante anos foi uma das maiores do mundo. Houve épocas em que seus mosaicos foram cobertos pois o Islamismo proibia as imagens. Hoje funciona como um museu. O lugar é impressionante…

Depois fui conhecer o Blue Mosque, uma mesquita construída em princípios do século XVII. Com suas torres e domos, esta mesquita é a mais famosa de Istambul...

Leia Mais... / Read More...

Gallipoli/Gelibolu

Fui convidada por uma agência para fazer um tour a Gallipoli (Gelibolu em turco), eu iria com mais duas australianas. Saímos cedo pela manhã já que o lugar é longe. Depois de umas duas horas de viagem paramos para um café e seguimos mais uma hora até Gallipoli. Paramos rapidamente na pequena cidade, vimos o porto e seguimos viagem para visitar o museu da guerra.

Esta área é conhecida como um bom lugar de defesa da Turquia, é uma península de onde se regula a entrada de barcos. O evento histórico mais importante foi durante a primeira guerra mundial quando os ingleses enviaram tropas Australianas e Neozelandesas (Anzac – Australian and New Zeland Army Corps. Ao desembarcar no lugar errado, estes foram massacrados pelos turcos que esperavam no alto da colina.
Para mim o mais interessante daqui é a quantidade de monumentos, cemitérios e museus comemorativos da primeira guerra. A cada 10 ou 20 km há um monumento explicando um pouco da guerra...

Leia Mais... / Read More...