Categoria / Category Curiosidades

Izakaya, comida de bar e snacks

kb_jp14_1884

Izakaya

Segundo o tema de comida no Japão, não posso deixar de falar do Izakaya. É um tipo de bar tradicional japonês que serve “comidas de boteco”. Em geral, nos Izakaya não tem cardápio em inglês, está tudo em japonês e escrito pelas paredes. Logo que cheguei em Tóquio Daisuke, meu anfitrião na cidade, convidou para irmos num Izakaya. Foi ótimo, começamos com cerveja e terminei provando saque também. As comidinhas eram ótimas, em geral se come muito os famosos Yakitori. Os típicos são de frango, mas comi de diversos sabores. Também comemos alguns pratos de peixe cru marinado que lembram um pouco o ceviche. Uma segunda vez voltei a um Izakaya com Helena, minha amiga “semi” japonesa. Ficamos só na cerveja e alguns Yakitori, adorei.

Com Tomoko, num sábado, paramos num bar de Yakitoris que parecia animado. Este tinha cardápio em inglês e muito estrangeiro. Achamos estranho a quantidade de gringos no lugar, ao sair descobrimos o por que...

Leia Mais... / Read More...

Comidas no Japão

kb_jp14_0922Kimuchi – Comida feita por Tomoko em sua casa

A comida é uma parte muito importante da viagem pelo Japão: primeiro porque é ótima, segundo, por uma grande variedade. Gostei de tudo que comi por aqui, e provei uma boa variedade. Antes de falar de cada prato, vou começar por algumas curiosidades. A mais importante: toalha quente. Adoro.  Todos os restaurantes antes da refeição entregam uma toalha quente para limpar a mão. Restaurantes mais baratos e cafés te oferecem um saquinho de tolha úmida.

Maquetes e fotos. Sim, quase todos os restaurantes possuem do lado de fora uma maquete do prato ou fotos. No começo achei que era para turistas, depois percebi que era um costume japonês. Super prático se você não fala a língua, basta apontar pra maquete/foto.

Outro ponto peculiar são as ticket machines, umas máquinas que vendem os tickets das comidas. A primeira vez que vi uma fiquei meio perdida, não sabia como comprar...

Leia Mais... / Read More...

Cervejas no Japão

kb_jp14_0719Não sou uma expert em cerveja, sou do vinho, mas quando viajo bebo cerveja. É prático e refrescante. No Japão tomei a Kirin, Sapporo, Yebisu, Asahi… Não saberia dizer minha preferida, as consideradas melhores são a Asahi e Yebisu e a mais popular pareceu ser a Kirin, pois tinha por todo lado.  Mas o que me chamou a atenção é que temos algo em comum com os japoneses em temos de cerveja: eles gostam “estupidamente gelada”. Morando na Alemanha já desencanei de querer a cerveja super gelada como no Brasil. No Japão, a cerveja era sempre gelada e muitas vezes traziam também o copo gelado pra servir a cerveja. Lembrei das minhas companheiras baianas de cerveja (Adriana, Yara, Carol), elas adorariam por aqui.

Leia Mais... / Read More...

Hamburguer de camelo

15497473499_ae16273fa8_o

Em Dubai, no centro histórico Al Fahidi vi um restaurante com a placa “Camel Burger”. Não resisti, provei pela primeira vez carne de camelo.
Achei parecido com outros hambúrguer, só que este tinha um gostinho de canela nos condimentos. Não sei se para despistar um possível gosto forte do camelo ou se é uma prática da culinária local. Resumindo: Aprovei!

...
Leia Mais... / Read More...

Refrigerantes em Berlim

Sim, isto merecia um post, é incrível a quantidade de diferentes refrigerantes por Berlim. Lembro que quando eu era criança, em Santa Maria, existia o guaraná da Cirila, a Cirilinha… Hoje em dia não temos mais nosso refrigerantes regionais, é só Coca-Cola e Pepsi. Amei que em Berlim existe uma quantidade inimaginável de alternativas às grandes multinacionais de refrigerante.

Cola Rebell Maxx Chili: tem um gosto meio caramelizado de cola com um picante que fica na boca no final. Compramos numa loja especializada em pimenta na Alexander Platz.

Wostok: Eu tomei o sabor  Dattel-Granatapfel (Tâmara -Romã) e Òscar, o Estragon-Ingwer (Estragão-Gengibre). O meu, no final, tinha um gostinho meio de chiclete. Gostei mais da opção escolhida por Òscar.

Now Orange: comprei num supermercado orgânico. A garrafa é bonita, design diferente. O gosto ótimo, tem gosto de suco mesmo e não de laranja artificial.

 Thomas Henry Spice Ginger: Este tem o gosto azedo misturado com o fort...

Leia Mais... / Read More...

Entrevista com Hannah Pearson

Aqui você pode ver uma rápida entrevista com Hannah Pearson, instrutora de mergulho PADI, que guiou alguns dos mergulhos que fiz com o Utila Dive Center. Hannah fala de seus lugares prediletos de mergulho em Utila e como esta mergulhadora inglesa foi parar em Honduras.

An Interview with Hannah Pearson from Karla Brunet on Vimeo.

Veja, também, outros posts da viagem por Honduras – Abril 2013

Leia Mais... / Read More...

Cervejas na Guatemala e Belize

Neste post de curiosidades vou colocar uma lista de cervejas que vou tomando pelos países/cidades que viajo. Não sou expert em cerveja, longe disto, não entendo nada. Mas sempre que chego num novo lugar gosto de tomar a bebida local e, em geral, sempre tem uma cerveja que me recomendam.

A ideia de fazer essa lista aconteceu quando fui morar na Espanha e uma das cevejas locais era San Miguel, lembrava que já tinha tomado numa viagem, e não era na América do Sul. Depois de dias matutando com isto na cabeça, lembrei: tinha sido nas Filipinas, em 1997. Então, veio a ideia de guardar os nomes das cervejas pelos países que vou. E a melhor forma de guardar o nome das cervejas é um fotinho… E a lista, uma forma que souvenir dos bom momentos em bares.

Na Guatemala(2013) tomei Gallo e Brahva (a ex-brasileira Brahma).

kb_gt13_0656

Gallo, tomei num restaurante em Antigua

kb_gt13_0566

Brahva Extra, tomei num bar em Antigua

Em Belize(2013) tomei a Lighthouse Lager.

Photo by Karla Brunet/ErranteLightHouse tinha por todo lado, tome...

Leia Mais... / Read More...

Mel – Guia na Chapada Diamantina

Mel foi o guia do Roteiro 1 e no tour a Igatu na Chapada Diamantina (2013). Filho de garimpeiros, Mel nasceu e cresceu na Chapada e, nas horas vagas, ainda garimpa com seus amigos.

Leia Mais... / Read More...

Dairone – Guia do passeio por Marimbus

kb_br13_0989

Com Dairone, nosso guia do passeio por Marimbus.

Dairone nasceu e cresceu na Chapada Diamantina e é um apaixonado por aventura e natureza. Durante o passeio, nos contou um pouco de suas aventuras pela região fazendo motocross e bicicross .

Leia Mais... / Read More...

Sérgio – Guia da Gruta da Lapa Doce

Sérgio foi nosso guia da visita a  Gruta da Lapa Doce, Chapada Diamantina 2013.

Leia Mais... / Read More...