Pedalada Angermünde – Bernau

DCIM101GOPRODepois de dormir uma noite na pacata Angermünde, encarei minha primeira viagem de bicicleta sozinha pela Alemanha. Logo ao sair, passei para conhecer o lago local, o Mündesee, e segui caminho na direção do Parsteiner See. No primeiro sinal que vi pelo caminho que dizia Parsteiner See, entrei. Era uma pequena estrada que levava a uma linda prainha do lago. Alguns barcos na água e famílias aproveitando o domingo no lago. Segui em direção ao outro lado do lago, onde me disseram que era um bom local para um banho, no camping do Parsteiner See.

Depois, por um caminho no meio da floresta, segui em direção a Chorin. O dia ensolarado foi embora e nublou rapidamente. Logo, comecei a escutar trovões de longe, muito vento e começam os primeiros pingos de chuva. Parei pra pegar a jaqueta impermeável. É um pouco estranha a sensação de estar sozinha na floresta, ninguém por perto e começar uma mega tempestade. Sigo caminho e avisto uma placa que diz que Chorin está a menos de 3km. Maravilha, estou perto de um povoado.

14541274379_1961b6db15_oEm Chorin, rodei um pouco buscando pelo convento que me comentaram ser lindo. Como chovia não quis abrir o mapa nem pegar o celular, tentei ver as placas primeiro. Avistei um hotel/restaurante, era a hora ideal para parar pro almoço. No instante que entrei no restaurante, caiu uma chuva muito forte, começou o temporal. Tive muita sorte de estar num lugar seco e agradável. Demorei umas duas horas por lá, comi uma deliciosa massa vegetariana, bolo de chocolate, chá… E a chuva parou, hora de seguir caminho. Estava no meio do meu percurso, já tinha pedalado 35km e faltavam outros 35km para chegar em Bernau.

Na saída do restaurante, peguei um caminho meio alternativo para o convento. Estava um pouco perdida e passou uma garota que me mostrou este atalho. A vista do Amtssee era linda e cheguei no convento na pela parte de trás, de longe já ouvia música clássica, era mágico. Não fiquei por lá pra ver o show pois já era tarde e precisa seguir viagem.

Escolhi a via rápida para Eberswalde, a ciclovia ao lado da estrada. O problema é que ela termina um pouco antes de chegar lá. Revolvi, então, me arriscar num caminho off-road total. Barro por todo lado, montanhas de terra e, enfim, cheguei ao rio onde havia uma trilha até a cidade. De Eberswalde segui em direção a Biesenthal, o tempo voltou a ficar feio, lá vinha mais chuva. Então, parei para um suco e segui rapidamente os últimos 10km até Bernau bei Berlin onde peguei o S-Bahn pro centro de Berlim. Tive muita sorte pois ao entrar no trem, a chuvarada veio com toda força.

Resumindo, foram 72km de pedalada, floresta, lagos, música, estrada, sol e chuva. Um domingo perfeito.

Cycling trip from Angermüde to Bernau bei Berlin from Karla Brunet on Vimeo.

See full screen

Leave a reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.