Berlim tagged posts

Refrigerantes em Berlim

Sim, isto merecia um post, é incrível a quantidade de diferentes refrigerantes por Berlim. Lembro que quando eu era criança, em Santa Maria, existia o guaraná da Cirila, a Cirilinha… Hoje em dia não temos mais nosso refrigerantes regionais, é só Coca-Cola e Pepsi. Amei que em Berlim existe uma quantidade inimaginável de alternativas às grandes multinacionais de refrigerante.

Cola Rebell Maxx Chili: tem um gosto meio caramelizado de cola com um picante que fica na boca no final. Compramos numa loja especializada em pimenta na Alexander Platz.

Wostok: Eu tomei o sabor  Dattel-Granatapfel (Tâmara -Romã) e Òscar, o Estragon-Ingwer (Estragão-Gengibre). O meu, no final, tinha um gostinho meio de chiclete. Gostei mais da opção escolhida por Òscar.

Now Orange: comprei num supermercado orgânico. A garrafa é bonita, design diferente. O gosto ótimo, tem gosto de suco mesmo e não de laranja artificial.

 Thomas Henry Spice Ginger: Este tem o gosto azedo misturado com o fort...

Leia Mais... / Read More...

Berlim, street art e pedalada

grafiteBerNesta semana, Carol Marques veio visitar Berlim. Prometi dedicar o domingo pra mostrar algo da cidade a ela, o transporte seria de bicicleta. Comecei pelo meu parque predileto, o Tempelhofer Feld. O dia estava frio, tinha chovido a noite, mas encaramos. Afinal, somos brasileiras fortes.

Como minha amiga já tinha feito turismo pela cidade por 3 dias, perguntei o que ela gostaria de conhecer em Berlim. A resposta foi: “os grafites, vi que tem um tour pra ver grafites pela cidade”. Então, busquei por um mapa com algum percurso para facilitar a escolha de onde ir. Achei o Map of Public Art Tour, um guia de percurso de street art em Kreuzberg e Friedrichshain. Baixei no celular print screen do mapa e voilà, estávamos com nossa programação do dia feita. Abaixo está o relato de Carol, minha guest no tour de bike.

Screen Shot 2014-10-27 at 1.07.01 AM10 graus, último dia em Berlin. A ideia era fazer um tour de bike pela cidade explorando os grafites...

Leia Mais... / Read More...

Cicloturismo Copenhague – Berlim

Foto_mapa_K-BeLogo que cheguei em Berlim fiquei sabendo da rota de cicloturismo Berlim-Copenhague e quis muito fazer este verão. Depois de treinar viajar sozinha em bicicleta pelo Elberadweg, encarei a ida a Copenhague. Resolvi fazer o caminho inverso, começar em Copenhague e vir pouco a pouco voltando para casa. O plano era fazer parte dinamarquesa da viagem sozinha e, em Rostock, encontrar com Katharina Funke para seguirmos juntas pela Alemanha.

Foram 7 dias de cicloturismo, se você quiser seguir nossos passos, abaixo está o track do GPX para download. Nesta viagem, resolvi não fazer relatos, mas somente colocar alguns pontos que foram importantes em cada dia. Na parte alemã do percurso, Katharina escreveu os relatos.

Veja os posts de cada etapa da viagem

Leia Mais... / Read More...

Pedalada B-KO: De Linum a Berlin

kb_de14_04879Trajeto do dia 7:  Linum – Tietzow – Börnicke – Schönwalde-Glien – Hakenfelde – Havel – Berlin Spandauer Schifffahrtskanal – Berlin

  • Este foi o último dia da viagem. Já acordamos um pouco com a sensação de meta cumprida, afinal, estávamos muito perto de Berlim.
  • O trajeto foi bem movimentado, agora perto de Berlim havia um número maior de carros e de outros ciclistas nas estradas. Perto da cidade pegamos uma parte do mauerradweg por engano e voltamos ao percurso programado.
  • Já na chegada em Berlim, pra mim o marco foi passar a ponte Wasserstadtbrücke. Ao cruzar a ponte senti que sim, tinha completado o percurso de Copenhague a Berlim. Paramos e tiramos uma foto da chegada na ponte. A frase era “wir haben es geschafft” (Sim, nós conseguimos).
  • Logo paramos no Restaurant Fährhaus para um almoço na beira do rio apreciando os barcos, rio, a volta a casa…

Total do dia: 60.05 km – 4h:12m:46s (gpx)

aspas_abremWeather was still cold in the morning and we stayed inside till the tempe...

Leia Mais... / Read More...

De trem de Berlim a Copenhague

14794392230_094115a3a0_oLogo que me mudei pra Berlim fiquei sabendo desta rota Berlim-Copenhague (B-Ko) de bicicleta. Claro que deu vontade, mas teria que ser verão e uma época que eu pudesse tirar uma semana de férias.  Pois chegou a época,  afinal o verão já está acabando. Conheci algumas pessoas que fizeram em 8 dias.  Vou encarar.

Como é alta temporada, achei melhor começar por Copenhague e voltar pra casa.  Assim poderia reservar os bilhetes de trem e hotel,  pois sabia ao certo o dia de partida. A chegada, as vezes,  não dá pra planejar.

O trem de ida já foi uma aventura pra conseguir comprar a passagem com direito a levar a bike. Pela Internet era impossível, e na estação de  trem só consegui comprar depois de ir duas vezes até lá e fazer fila… Resumindo, 4 trens e o melhor preço era 1° classe,  na segunda era 30 euros mais caro. O grande problema da primeira classe é que a bike vai no vagão 6 e eu no 12...

Leia Mais... / Read More...

Viagem Aprender Alemão 2003

berlinVeja os posts da Viagem Aprender Alemão 2003:

Leia Mais... / Read More...

Berlim – mais 3 semanas de aulas

As seguintes semanas do curso de alemão foram com aulas pelas manhãs. Longas caminhadas pela cidade pela tarde, museus, parques, zoo, aquário, café, praia, feirinhas… E pelas noites: bares, cinema, orquestra, música ao vivo, festival de dança… Foram umas férias de verão bem culturais e com grandes amigos.

Segunda Semana

Leia Mais... / Read More...