Europa

europaA Europa, o velho continente, cheia de história, arte, cultura, arquitetura… Linda e imponente. Foi um dos primeiros lugares que viajei sozinha, errante… Em 96, parti para uma viagem onde tivesse amigos. Comecei pela Alemanha, depois França, Itália e Eslovênia. Voltei algumas vezes para viagens curtas e uma estância de um mês em Paris para melhorar meu francês.

Em 2001, embarco para 4 anos na Europa, desta vez para fazer doutorado na Espanha. Minha primeira viagem pelo continente foi para conhecer o Leste da Europa nas férias de 2002. Depois, aproveitei finais de semana para fazer “escapadas” pela Catalunha e arredores para mergulhar e viajar em bicicleta.

No verão de 2003, nas férias, decidi passar um mês estudando alemão em Berlim e depois conhecer um pouco do país no meu caminho a Linz para um festival de arte eletrônica. Já tinha estado um mês em Paris estudando francês em 1999 e tinha adorado a experiência. Adoro a rotina em uma nova metrópole. Chamei esta viagem de “Aprender Alemão“.

Em 2004, aproveitando a visita de minha mãe, juntei trabalho com lazer.  Fomos juntas conhecer a Escandinávia e o Báltico na ocasião do simpósio da ISEA 2004.

Como sou apaixonada por ilhas, nos 4 anos morando na Europa tentei conhecer algumas delas como Ibiza, Mallorca, Menorca, Sardenha. Ilhas sempre me fascinaram, claro, pois sou uma apaixonada pelo mar.

Em 2014, volto a morar na Europa, desta vez em Berlim por um ano. Tenho uma relação um pouco de amor e de indiferença pela Europa. Ao mesmo tempo que acho tudo lindo, história por todo lado, cidadania, inveja dos serviços públicos deles, também acho tudo muito parecido e muito turístico. Adoro a Europa para morar, mas não é minha prioridade em lugares para viajar.

Neste mesmo ano, descobri uma forma de viajar pela Europa que me seduziu muito: o cicloturismo. Aquilo que me incomoda em “viagens tradicionais” – cheio de gente por todo lado, pouco contato com a natureza, tudo muito regrado, sinalizado, organizado…- me dá segurança nas as viagens de bicicleta, pois sei que sempre em 30 ou 50km vai ter um povoado. O contato com a natureza é muito maior que nas viagens típicas em capitais e cidades históricas. Descobri meu modo de viajar pelo continente no Cicloturismo pela Alemanha.

Lista de lugares pela Europa

Leave a reply